Vida

Miguel Melo critica "aproveitamento vergonhoso" das televisões com morte de Maria João Abreu

Ator lembra dificuldades passadas pelo profissionais do setor e pede que lhes seja dado apoio em vida. 


O ator Miguel Melo recorreu às redes sociais para deixar duras críticas ao “aproveitamento vergonhoso”, por parte das estações televisivas, da morte de atores, nomeadamente da morte de Maria João Abreu.

“O aproveitamento vergonhoso das televisões com os atores na sua morte é proporcional ao tratamento que lhes dão em vida. As televisões gostam do que vende enquanto vende. É tudo cenário maquilhado com purpurinas de luto”, começou por escrever numa publicação partilhada no Instagram.

“Salvo raríssimas exceções, os atores ou passam a maior parte do tempo de vida cheios de dificuldades, conquistando em fim da vida alguma tranquilidade, ou começam a carreira com alguma facilidade e acabam na miséria. A grande maioria passa uma vida de muitas dificuldades. A Brava Maria João Abreu, uma atriz generosa e muito talentosa, não foi exceção”, acrescentou.

Para o ator, a melhor homenagem que podem fazer a Maria João Abreu “é apoiar os atores em vida.”

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Miguel Melo (@miguel_melo22)