Sociedade

Vacina da Pfizer já pode ser armazenada num frigorífico normal durante um mês

Até agora o fármaco só podia ser armazenado num frigorífico durante cinco dias depois de descongelado.


A vacina contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech já pode ser armazenada num frigorífico normal até um prazo máximo de um mês, anunciou, esta segunda-feira, a Agência Europeia do Medicamento (EMA).

O regular europeu revelou, em comunicado, que tinha recomendado “uma alteração às condições de armazenamento aprovadas para a Comirnaty, a vacina contra a covid-19 desenvolvida pela BioNTech e Pfizer, que facilitará o manuseamento da vacina em centros de vacinação em toda a UE”

“Esta alteração alarga de cinco dias para um mês – 31 dias – o período aprovado para armazenamento do frasco não aberto e descongelado a 2-8°C, ou seja, num frigorífico normal após a retirada do congelador”, acrescenta o regulador.

A decisão surge após uma análise dos "dados adicionais do estudo de conservação apresentados à EMA pelo titular da autorização de introdução no mercado", e tem como objetivo a "maior flexibilidade no armazenamento”, esperando-se que o manuseamento da vacina “tenha um impacto significativo no planeamento e logística da administração da vacina nos Estados-membros da UE".