Politica

"O PSD tem de mudar", diz Jardim

Presidente do PSD admite que Jardim tem razão em "algumas coisas"


Alberto João Jardim defende que “o PSD tem de mudar” e “estar quotidianamente na luta política”. O recado é dirigido a Rui Rio e o líder do PSD reconhece que chegou o momento de “acentuar a sua oposição”.

Alberto João Jardim, num artigo de opinião publicado no Jornal da Madeira, apela à direção nacional para mudar de estratégia, porque “é necessária uma oposição efetiva” para que seja possível “corrigir os muitos erros” do Governo socialista e “acautelar a correta resolução dos problemas gravíssimos que aí vêm”.

O ex-presidente do Governo Regional da Madeira entende que é preciso “denunciar a propaganda socialista” e “defender a classe média com garra”, bem como os pequenos e médios empresários. “Erradamente, tem-se abandonado à extrema-direita o monopólio da contestação do sistema”, escreve.

João Jardim defende mesmo que o partido não pode esperar pelas eleições autárquicas para mudar de rumo. “Exorto todos os sociais-democratas portugueses a não estarem rotineiramente à espera das eleições autárquicas, para então se mexerem. Acordem!”.

Rui Rio garante que viu com “atenção” o artigo de Alberto João Jardim e reconhece que “há ali algumas coisas em que tem razão”. O presidente do PSD, questionado sobre as críticas à estratégia do partido, defendeu que “há diversas fases na vida política e estamos agora numa fase de degradação acentuada da governação” e, por isso, compete ao PSD “acentuar a sua oposição”.