Vida

"Estava eu a tirar esta fotografia e um miúdo com 16 anos gritava-me do outro lado da rua: 'Parem lá com isso c******'", conta Rui Maria Pêgo

O radialista e ator recorreu ao Instagram para assinalar o Dia Internacional da luta contra a Homo, Bi, Trans e Interfobia, dizendo que “o preconceito está vivo, sabemos, e morde de maneira diferente consoante o privilégio. Nada de novo aqui. Há ainda muito a fazer”.

Em frente ao edifício da Câmara Municipal de Lisboa, Rui Maria Pêgo assinalou o Dia Internacional da luta contra a Homo, Bi, Trans e Interfobia, com uma fotografia no Instagram, na qual expôs o que lhe aconteceu no momento em que foi captado pela câmara.

“Estava eu a tirar esta fotografia e um miúdo com 16 anos gritava-me do outro lado da rua: “Parem lá com isso c******. Isso é uma vergonha!”. Melhor exemplo não poderia haver. A LGBTfobia está viva e tem raízes também em quem ainda nem vota. É óbvio que não inventaram esses ódios sozinhos, mas este mini episódio que não passou de uma exibição pouco explosiva para os seus amigos, e sobretudo, ineficaz, é revelador”, começa por dizer o radialista.

O apresentador disse que o “bullying homofóbico, bifóbico, e transfóbico continua intenso nas escolas portuguesas”, tendo participado num webinar da Direção-Geral da Educação “há umas semanas”.

Ainda que Portugal tenha subido para o quarto lugar do ranking europeu da ILGA, Rui Maria Pêgo assinalou que “o preconceito está vivo, sabemos, e morde de maneira diferente consoante o privilégio. Nada de novo aqui. Há ainda muito a fazer”.

Na fotografia, o radialista pousou com um saco promovido pela iniciativa da empresa de móveis IKEA Portugal para a comunidade, da qual os lucros da venda “transformam-se em 10,000 euros para qualquer associação ou organização LGBTI+ que queira participar no concurso da IKEA, uma ajuda extra e justa em tempos cinzentos”, explicou o ator.

“Gosto da simbologia de ser um saco que entra na vida das famílias, e imagino este diálogo: ‘Porque é que este saco tem tantas cores, mãe? Para levar toda a gente lá dentro, filho. Tu também’”, disse Rui Maria Pêgo na sua publicação.