Cultura

The Black Mamba atuam hoje na Eurovisão. O que dizem as apostas?

As apostas dos fãs previram 9 dos 10 finalistas da primeira semi-final, realizada na terça-feira


A banda The Black Mamba irá subir ao palco da Ahoy Arena, em Roterdão, nos Países Baixos, esta quinta-feira, para representar Portugal na segunda semi-final do Festival Eurovisão da Canção. Mas quais são as hipóteses de Portugal se qualificar para a final de sábado?

Após vencerem a 55.ª edição do Festival da Canção com o tema “Love Is On My Side”, foram vários os fãs do certame que se mostraram preocupados com a escolha de Portugal. Ora porque se tratava de um tema “pouco festivaleiro”, ora porque esta seria a primeira vez que Portugal canta uma música totalmente em inglês.

Tais “preocupações” fizeram-se sentir nas maiores casas de apostas e os The Black Mamba não passavam dos lugares 26.º/27.º em 39 países, antes de rumarem, há cerca de uma semana, a Roterdão para realizarem os ensaios da sua atuação.

No entanto, as previsões começaram a ser mais animadoras assim que foi divulgado um excerto do primeiro ensaio da banda. A encenação do palco e a voz e postura do vocalista Tatanka receberam vários elogios dos fãs de todo o mundo e Portugal ocupa agora o 17.º lugar na casa de apostas.

Em relação à semi-final desta quinta-feira, os The Black Mamba surgem no 7.º lugar numa lista de 17 países. Além de Portugal, atuam também São Marino, Estónia, República Checa, Grécia, Áustria, Polónia, Moldávia, Islândia, Sérvia, Geórgia, Albânia, Bulgária, Finlândia, Letónia, Suíça e Dinamarca. Portugal será o 12.º a atuar, depois da Albânia e antes da Bulgária.

De realçar que as casas de apostas previram 9 dos 10 finalistas da primeira semi-final, realizada na terça-feira. Noruega, Rússia, Azerbaijão, Malta, Lituânia, Chipre, Suécia, Bélgica e Ucrânia constavam no “top 10” dos apostadores e conquistaram um lugar no final. Croácia surgia no 9.º lugar mas acabou por não se apurar, dando lugar a Israel, que ocupava o 11.º lugar nas apostas.

Os dez países esta noite apurados irão juntar-se aos dez países vencedores da última terça-feira, aos “Big Five” – França, Espanha, Itália, Reino Unido e Alemanha, automaticamente qualificados para a final por serem os maiores patrocinadores do festival – e ao país vencedor da última edição, neste caso os Países Baixos.

No total, 26 países irão lutar pelo troféu da 65.ª edição do Festival Eurovisão da Canção, na final de sábado. Itália, França e Malta são apontados como os preferidos.