Sociedade

Lisboa e Vale do Tejo regista quase metade dos novos casos de covid-19. R(t) volta a subir

A incidência de novos casos e casos ativos também registaram aumentos. Há apenas dois concelhos no nível de risco muito elevado.


Portugal registou, nas últimas 24 horas, 559 casos do novo coronavírus e três óbitos, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado esta sexta-feira. O rácio de transmissibilidade (RT) e a incidência subiram. 

Lisboa e Vale do Tejo concentra quase metade dos novos casos: 277. Segue-se o Norte com 166, o Centro com 37, Algarve com 22 e o Alentejo com cinco. Nos arquipélagos da Madeira e dos Açores há 32 e 20 novas infeções, respetivamente.

Segundo o boletim, Portugal tem uma incidência de 52,6 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, um aumento face aos 51,4 registados na última atualização, e Portugal continental de 49,5, um aumento de 1,2. O RT situa-se nos 1,03 em todo o país. Na última análise da DGS, partilhada na quarta-feira, este valor era de 1,02 em Portugal e 1,01, quando considerado apenas o continente. 

O Norte, Centro e Alentejo registaram uma vítima mortal cada.

O número de internamentos diminuiu ligeiramente. Há agora 207 pessoas com sintomas da covid-19 internadas nos hospitais portugueses, menos uma do que ontem. Em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) há 55 doentes, menos três do que na véspera.

Portugal registou, desde o início da pandemia, 844.288 casos de SARS-CoV-2, 22.287 dos quais permanecem ativos – mais 94 do que ontem, e 17.017 não resistiram. Nas últimas 24 horas, 462 pessoas recuperaram da doença, elevando o total para 804.894. Atualmente, as autoridades de saúde têm 19.410 contactos em vigilância.

No boletim desta sexta-feira, foi também divulgada a distribuição geográfica das infeções. Há apenas dois concelhos – Arganil e Ribeira Grande (nos Açores) – no nível de risco muito elevado, com mais de 600 novos casos por mil habitantes nos últimos 14 dias.

Em nível de risco elevado, entre 240 e 479,9 novos casos por 100 mil habitantes, há quatro concelhos: Golegã, Odemira, Montalegre e Nordeste (nos Açores).

Há 302 concelhos no nível moderado, com menos de 240 novos casos por 100 mil habitantes. Dos quais, 287 estão abaixo dos 120 novos casos. Há ainda 81 concelhos em que a incidência de novos casos nas últimas duas semanas foi zero.

Veja aqui o boletim na íntegra.