Sociedade

Mulher procurada pelas autoridades espanholas detida pelo SEF no Algarve

É acusada do crime de fraude fiscal.


Uma mulher foi, na quinta-feira, detida pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) na Marina de Portimão, no Algarve, na sequência de um mandado de captura e detenção para efeitos de extradição, emitido pelas autoridades espanholas.

A mulher, cidadã estrangeira acusada do crime de fraude fiscal, “viajava de Albufeira para Portimão numa embarcação de recreio, juntamente com outro cidadão estrangeiro, tendo sido detetada no controlo efetuada à embarcação à entrada na marina”, explicou o SEF, num comunicado esta sexta-feira divulgado.

Foi presente ao Tribunal de Relação de Évora, sendo-lhe aplicada a medida de coação de condução ao estabelecimento prisional de Tires, onde aguardará os ulteriores termos processuais.