Vida

Pai de Matt LeBlanc revela que não fala com o filho há nove anos: "É humilhante"

A entrevista de Paul Leblanc acontece numa altura em que está prestes a ser transmitida a muito aguardada reunião do elenco de ‘Friends’.


O pai do ator Matt LeBlanc, conhecido por dar vida a Joey na série Friends, revelou que não fala com o filho há nove anos e que se sente humilhado.

Em entrevista ao The Sun, Paul LeBlanc revela que o filho deixou de lhe pagar uma mesada e que ignora as suas tentativas de contacto.

“Tenho vivido sem nenhum contacto com ele há nove anos e ainda é difícil acreditar no que aconteceu”, disse. “Fui expulso e trancado do lado de fora da minha casa por causa de uma discussão humilhante sobre dinheiro e sobre uma mota (…) Agora sou um homem velho, a viver da minha reforma. Se não fossem as minhas poupanças, não teria como sobreviver, acrescentou.

Paul LeBlanc disse ainda que o ator só lhe enviou um único cartão de aniversário em toda a sua vida.

“É humilhante. Mas a verdade é que o Matt sempre foi um menino da mamã e houve tantas desavenças”, contou. “Todos nós estamos a envelhecer (…) A minha mensagem para o Matt é:‘ Tu precisas de te recompor antes que seja tarde demais. Ainda vais sentir a minha falta quando eu partir'”, acrescentou, defendendo que o dinheiro e a fama mudaram o filho para pior.

A entrevista de Paul Leblanc acontece numa altura em que está prestes a ser transmitida a muito aguardada reunião do elenco de ‘Friends’. O episódio, intitulado "Friends: The Reunion", será transmitido via streaming pela plataforma HBO Max, a 27 de maio.

“Só tenho um canal na minha televisão, então não vou assistir a essa reunião”, disse, deixando críticas à série. “O Matt nunca sonhou em ser ator enquanto crescia. Simplesmente aconteceu”, disse.
 
 “Eu mudei-me para Malibu quando ele estava a trabalhar na série para passarmos mais tempo juntos. O problema é que quando uma pessoa tem dinheiro tu não entras na vida dela a menos que te queiram por perto”, criticou.

O pai de Matt LeBlanc afirmou ainda que o filho lhe chegou a comprar uma casa no estado do Colorado e lhe pagou uma mesada ao longo de vários anos. Contudo, após uma discussão no último encontro entre ambos, Matt cortou os pagamentos.

“Num minuto ele é simpático e no outro quer cortar a tua garganta - não literalmente, óbvio. Ele costumava visitar-me, nós bebíamos cerveja juntos e dávamos umas voltas de mota por aí. Foi uma época boa, mas ele é obcecado com a representação. A última vez que ele veio cá foi em 2011”, disse, revelando que a relação de ambos terminou quando Paul decidiu dar a um sobrinho uma mota que Matt lhe havia oferecido.

“Eu não entendo. Passei os últimos nove anos a pensar sobre isto e ainda acho inacreditável”, rematou.

Em resposta às declarações de Paul, um representante de Matt LeBranc enviou um breve comunicado ao The Sun. “O pai do Matt abandonou-o a ele e à mãe quando ainda era criança”, informou.