Internacional

Companheira de jornalista bielorrusso também foi detida em desvio de avião para Minsk

Sofia Sapéga estaria a viajar para Vilnius para apresentar a sua tese de mestrado.


A companheira do jornalista e opositor do regime bielorrusso Roman Protasevich, uma estudante de direito, também foi detida após o desvio de um avião da Ryanair para Minsk, a mando do Presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko.

O anúncio foi feito pela Universidade Europeia de Ciências Humanas (EHU), onde Sofia Sapéga estuda direito num curso de pós-graduação. De realçar que a instituição foi fundada na capital bielorrussa, em 1992, mas foi forçada a ser transferida para a Lituânia em 2004.

Em comunicado, a universidade afirma que a estudante foi detida por motivos “infundados e inventados” e apela à sua libertação imediata. Sapéga estaria a viajar para Vilnius para apresentar a sua tese de mestrado.