Sociedade

André Ventura condenado por ter chamado "bandidos" a família do Bairro da Jamaica

André Ventura terá de pedir desculpas publicamente à família e informar a sua condenação nos órgãos de comunicação onde as declarações foram originalmente difundidas.


André Ventura foi, esta segunda-feira, condenado por ofensas à honra e ao direito de imagem num processo movido por sete membros de uma família do Bairro da Jamaica a quem chamou “bandidos”, avança o jornal Público.

Em causa está o facto de o líder de extrema-direita ter dito, durante um debate televisivo para as eleições presidenciais, que Marcelo Rebelo de Sousa preferiu estar com “bandidos” a visitar os polícias envolvidos num conflito no Bairro da Jamaica. Durante o debate, Ventura fundamentou a sua ideia com uma fotografia do Presidente da República com a família em questão.

Segundo a publicação, André Ventura terá de pedir desculpas publicamente à família e informar a sua condenação nos órgãos de comunicação onde as declarações foram originalmente difundidas – SIC, SIC Notícias e TVI –, bem como na conta do partido Chega na rede social Twitter.

André Ventura tem um prazo de 30 dias para cumprir o que lhe foi imposto, caso não recorra da decisão.