Internacional

União Europeia aprova sanções à Bielorrússia

Espaços aéreos e aeroportos da UE fechados ao país.


Os líderes da União Europeia acordaram, esta segunda-feira, sancionar a Bielorrússia, fechando os espaços aéreos e aeroportos ao país.

Reunidos em Bruxelas, os 27 líderes do bloco exigiram ainda a libertação imediata do jornalista Roman Protasevich e da sua namorada Sofia Sapega, que também foi detida.

Sublinhe-se que as sanções da UE prejudicam economicamente os bielorrussos, que ficam assim isolados.

A UE expressou ainda solidariedade com a Letónia após o país ter expulsado o embaixador da Bielorrússia e todos os diplomatas numa resposta à situação ocorrida em Minsk.