Desporto

Volta a Itália muda percurso da 19.ª etapa em respeito às 14 vítimas da queda de um teleférico

A ligação entre Abbiategrasso e Alpe di Mera, que inicialmente teria 176 quilómetros, será encurtada em 10.


A organização da Volta a Itália vai alterar o percurso da 19.ª etapa da corrida para evitar passar em Mottarone, onde a queda de um teleférico provocou a morte de 14 pessoas. A decisão surgiu após um pedido do governo italiano.

“Na sequência do evento trágico do último domingo que envolveu o teleférico de Mottarone, e de acordo com o Ministério italiano das Infraestruturas e Transportes, a direção da Volta a Itália, a região de Piemonte e as outras instituições envolvidas decidiram modificar o percurso da 19.ª etapa da 'corsa rosa'", lê-se num comunicado.

Assim, a ligação entre Abbiategrasso e Alpe di Mera, que inicialmente teria 176 quilómetros, será encurtada em 10.

A cabine de um teleférico que liga a localidade de Stresa ao monte de Mattarone caiu no domingo. Inicialmente havia duas crianças entre os sobreviventes. No entanto, uma menina de nove anos acabou por não resistir aos ferimentos. O único sobrevivente é um menino de cinco anos, filho de imigrantes israelitas, que perdeu os pais, o irmão mais novo e os bisavós, no acidente.