Internacional

EMA anuncia se aprova uso da vacina da Pfizer em jovens entre os 12 e os 15 anos na sexta-feira

Se aprovada, esta será a primeira vacina a receber “luz verde” para ser inoculada em adolescentes dos 27 Estados-membros da União Europeia.


A Agência Europeia do Medicamento (EMA) vai anunciar, esta sexta-feira, se aprova a administração da vacina contra a covid-19 do consórcio Pfizer/BioNTech em jovens entre os 12 e os 15 anos.

Se aprovada, esta será a primeira vacina a receber “luz verde” para ser inoculada em adolescentes dos 27 Estados-membros da União Europeia (UE). Atualmente a vacina da Pfizer – a Cominarty – está autorizada apenas em pessoas maiores de 16 anos.

Na conferência de imprensa de sexta-feira, o regulador europeu irá “abordar o resultado da reunião extraordinária do comité de medicina humana da EMA (...) para discutir a indicação pediátrica da Cominarty”, lê-se num e-mail da EMA, citado pela AFP.

A vacina já recebeu autorização de uso de emergência em jovens entre os 12 e os 15 anos pelo regulador norte-americano.

No início do mês, Emer Cooke, diretora-executiva da EMA, revelou que os resultados dos estudos clínicos realizados no Canadá estariam disponíveis “nas próximas semanas” e que o regulador esperava ter uma decisão entre o final de maio e o início de junho.