Vida

Antigo mordomo de Diana diz que Harry foi "cegado" por Meghan e está a destruir-se

Paul Burrell afirmou que o filho mais novo de Lady Di se está a destruir com as suas mais recentes entrevistas. 


Depois da polémica entrevista a Oprah Winfrey, o príncipe Harry voltou a atacar a família na série sobre saúde mental The Me You Can't See. As declarações mais recentes do duque de Sussex foram agora condenadas por parte do ex-mordomo da princesa Diana, Paul Burrell, que considerou que Harry se está a “destruir”.

“Ele foi cegado pela Meghan, pela sua beleza e por este mundo de Hollywood. Acho que agora só a Meghan é que pode impedi-lo de dar essas entrevistas e causar mais danos, e de destruir-se a si mesmo”, disse Burrell, que conheceu Harry quando este tinha apenas três anos, em declarações à revista Closer.

“O Harry não se vai curar se continuar a fazer isto. Vai piorar as coisas a longo prazo. Eu honestamente não faço ideia de quando ele vai parar”, acrescentou.

Recorde-se que o marido de Meghan Markle confessou que recorreu ao álcool para lidar com a morte da mãe, a princesa Diana, e que sofria de ansiedade já enquanto membro sénior da família real britânica, lamentando a falta de apoio que recebeu por parte da família em diversos momentos.

No início da semana, fontes do palácio, citadas pelo Daily Mail, adiantaram que Isabel II está “profundamente chateada” com aquilo que considera ser uma série de críticas "muito pessoais" do príncipe Harry à sua família.