Internacional

Pelo menos nove pessoas morreram no tiroteio na Califórnia

Atirador era funcionário da empresa de transportes junto à qual ocorreu o tiroteio.


O tiroteio ocorrido, esta quarta-feira, em San Jose, no estado norte-americano da Califórnia, provocou a morte de pelo menos nove pessoas, incluindo a do atirador, segundo o porta-voz do Gabinete do xerife do Condado de Santa Clara, Russel Davis.

Um homem abriu fogo num complexo da Valley Transportation Authority (VTA), no qual se armazenam comboios e que também tem um pátio onde se faz a manutenção das composições. Além das oito vítimas mortais h+a ainda vários feridos, alguns em estado grave.

As autoridades revelaram também que o atirador era funcionário da empresa, assim como a maioria das vítimas.

Os comboios da VTA já estavam a funcionar quando o tiroteio ocorreu à 6h30 locais (14h30 em Lisboa).

Na sequência do tiroteio, o serviço foi suspenso, tendo sido substituído por autocarros, disse o presidente da agência, Glenn Hendricks, em conferência de imprensa. "É muito difícil para todos tentar entender o que aconteceu", afirmou.

Também em conferência de imprensa, o presidente da câmara de San Jose, Sam Liccardo, lamentou o "dia horrível para a cidade".