Sociedade

"A casa dos horrores". Nove cães encontrados mortos dentro de arcas congeladores e armários de uma casa em Loures

O dono trata-se de um homem, com cerca de 35 anos, que fazia “criação de raças (Bull Terriers, Bulldogs franceses, Pastores Belgas e outras raças da moda)” e terá abandonado a sua residência, deixando os animais “à sua (nenhuma) sorte”.


O IRA – Intervenção e Resgate Animal denunciou, esta quinta-feira, um novo caso de maus-tratos a animais. Foram encontrados nove cadáveres de cães de várias raças dentro de arcas congeladores e armários de uma casa em Bucelas, no concelho de Loures.

O grupo partilhou, nas redes sociais, o cenário, que classificou como “a casa dos horrores”, com que se deparou durante uma intervenção com a presença da Guarda Nacional Republicana (GNR).

“Não demorou muito, assim que abríamos as portas dos quartos, mais cadáveres. Cães mortos dentro de arcas congeladoras na garagem, dentro dos armários dos quartos, dentro de canis no quintal. Cães que foram morrendo lentamente. Dia após dia, à fome e à sede.”, afirma.

Segundo a publicação, “os cadáveres dentro das arcas congeladoras aparentavam uma boa condição corporal, pelo que serão submetidos a eventual autópsia para se determinar a causa da morte”.

O dono trata-se de um homem, com cerca de 35 anos, que fazia “criação de raças (Bull Terriers, Bulldogs franceses, Pastores Belgas e outras raças da moda)” e terá abandonado a sua residência, deixando os animais “à sua (nenhuma) sorte”.

Os animais só foram encontrados porque “o cheiro alarmou os vizinhos”, que denunciaram “de imediato a situação”.
O grupo apelou ainda aos seguidores para não comprarem animais no OLX e outras redes sociais.

“Nunca, mas NUNCA comprem nem alimentem o negócio de animais no OLX e redes sociais. Pois será para isto que estarão a contribuir!”, sublinha.
 

Os comentários estão desactivados.