Sociedade

Marquise de CR7 é um 'autogolo' para arquiteto do prédio em Lisboa

Cristiano Ronaldo instalou uma marquise no seu apartamento em Lisboa. O arquiteto não gostou e criticou o ‘craque’ nas redes sociais.


O acrescento de Cristiano Ronaldo ao seu novo apartamento lisboeta deu polémica e não passou despercebido a um dos arquitetos responsáveis pelo edifício Castilho 203. O internacional português, que comprou um imóvel neste prédio por 7 milhões de euros, segundo avançou o Correio da Manhã, terá mandado construir uma marquise no apartamento penthouse, instalada no coroamento do edifício.

A situação causou alvoroço e o arquiteto José Mateus, cofundador da ARX, o ateliê responsável pelo projeto do edifício, não hesitou em criticar o ‘craque’. Mateus apontou o dedo “ao desrespeito e à conspurcação de forma ignóbil” do desenho do edifício e declarou a situação como um “autogolo” que ficará “gravado para sempre” na sua arquitetura e “sob a forma de um profundo desprezo”.

Numa publicação feita nas redes sociais, José Mateus começou por explicar que a admiração que tem por Cristiano Ronaldo – “um atleta exímio e inspirador, um exemplo para todos que muitas vezes referi perante os meus filhos e alunos” – se desmoronou “num ápice” após ter ficado a par da construção da marquise. Construção esta que, “à bela maneira antiga” e sem “a anuência dos arquitetos, dos vizinhos e sem projeto aprovado pela CML”, revoltou o arquiteto, que não irá “assistir parado”.

“Há cultura, há autorias, há regras, há respeito pelos outros e pelo trabalho dos outros, há civismo, há princípios que não admito que sejam atropelados. Seja por quem for”, atacou o arquiteto, que não deixou de realçar o trabalho da ARX no projeto Castilho 203 como sendo de “dedicação extrema, níveis de exigência altíssimos, trabalho diário duríssimo”. Assim, a antiga admiração por CR7 pareceu desvanecer-se quando o arquiteto comentou que, apesar de muitas vezes ter vibrado “com a arte de CR7” e se ter emocionado “com os seus golos extraordinários”, esta construção da marquise foi um duro golpe.

A publicação gerou mais de duas centena de comentários, a maioria dos quais em apoio do arquiteto, criticando também a decisão de Cristiano Ronaldo e pondo em causa o licenciamento da obra no coroamento do empreendimento Castilho 203.

Os comentários estão desactivados.