Internacional

Cerca de 60 pessoas vacinadas com a mesma seringa na Áustria

"Erro médico" foi comunicado às autoridades e já levou à dispensa de funções da pessoa que administrou as doses usando a mesma seringa.


Cerca de seis dezenas de funcionários de uma empresa de siderurgia austríaca em Voestalpine foram vacinados contra a covid-19 com a mesma seringa, o “erro médico”, já relatado às autoridades, foi detetado após se ter descoberto que o número de kits de vacinação não correspondia ao número de pessoas vacinadas.

"[A pessoa] que vacinou 59 pessoas admitiu que pode ter usado algumas das seringas várias vezes", indicou a Vamed, entidade organizadora da administração das vacinas, segundo a imprensa austríaca.

Não foram avançados pormenores sobre o que se terá passado, mas sabe-se que a pessoa em causa foi "imediatamente dispensada das suas funções".

A Vamed garantiu ainda que já reportou a situação à Ordem dos Médicos e às autoridades austríacas, bem como ao Ministério Público.