Internacional

Avião da Ryanair obrigado a aterrar em Berlim após ameaça de bomba

Segundo a imprensa alemã, tratou-se de uma falsa ameaça de bomba.

Um avião da Ryanair, que saiu de Dublin com destino a Cracóvia, foi obrigado a aterrar em Berlim, na noite deste domingo, após uma ameaça de bomba.

"As medidas de segurança da polícia terminaram sem que fosse detetado qualquer perigo", disse uma porta-voz da polícia de Berlim, citado pela imprensa internacional. "Os passageiros retomaram o voo para a Polónia num avião de substituição", acrescentou.

O avião da companhia aérea de baixo custo irlandesa, que tinha 160 pessoas a bordo, aterrou pelas 20h08 locais (19h08 em Lisboa) no aeroporto de Berlim-Brandemburgo. A bagagem dos passageiros foi revistada na pista por equipas de cães e o avião cercado pelas autoridades.

Segundo a imprensa alemã, tratou-se de uma falsa ameaça de bomba. Até ao momento, não foram adiantados mais pormenores sobre o sucedido.

Recorde-se que, no passado dia 23 de maio, um avião da Ryanair ,que fazia a ligação entre Atenas e Vilnius, foi obrigado a aterrar em Minsk, na sequência de uma ameaça de bomba, para que o jornalista Roman Protasevich e a namorada fossem detidos pelas autoridades bielorrussas.