Internacional

Comissão Europeia aprova administração da vacina da Pfizer em adolescentes entre os 12 e os 15 anos

A decisão sobre a utilização da vacina nesta faixa etária depende de cada país da União Europeia. 


A Comissão Europeia aprovou, esta segunda-feira, a administração da vacina do consórcio Pfizer/BioNTech em adolescentes entre os 12 e os 15 anos. A decisão surge após a “luz verde” da Agência Europeia do Medicamento (EMA), na passada sexta-feira.

"Hoje, a Comissão Europeia adotou uma decisão para aprovar a utilização da vacina BioNTech/Pfizer anticovid-19 para crianças entre os 12 e 15 anos de idade", anunciou, no Twitter, a comissária europeia da Saúde, Stella Kyriakides.

A comissária refere ainda que a decisão sobre a utilização da vacina depende de cada país da União Europeia. “Os Estados-membros podem agora optar por expandir o seu programa de vacinação aos jovens”, referiu.

"Para pôr fim à crise [pandémica], cada dose conta", concluiu.

De recordar que a vacina em causa, já estava autorizada na Europa para todas as pessoas com mais de 16 anos.