Desporto

Mário Jardel foi assaltado e está à procura das suas botas de ouro, prata e bronze

O ex-jogador de futebol revelou o acontecimento numa publicação no Instagram.


O antigo futebolista brasileiro que faz parte de grandes momentos da história do futebol português, Mário Jardel, está à procura das suas botas de ouro, prata e bronze, depois de ter sido assaltado na sua casa, em Fortaleza, Brasil. 

Jardel revelou o acontecimento numa publicação no Instagram, na qual explicou que foi vítima de um assalto, durante a madrugada desta quarta-feira, tendo ficado sem "duas chuteiras de ouro, uma chuteira de prata e uma de bronze”.

“Na madrugada de hoje, fui roubado na minha casa. Precisamente na sala de troféus e tiraram as coisas mais valiosas da minha carreira: as duas chuteiras de ouro, uma chuteira de prata e uma de bronze. Mais do que o valor delas é o valor sentimental que tenho por elas e as duas chuteiras de ouro que ganhei", escreve o ex-jogador.

Entrevistado pelo Globoesporte, Mário Jardel disse que “não é pela questão financeira, é mais pelo valor sentimental. É o meu legado, a minha história".

Em Portugal, Jardel vestiu a camisola do FC Porto e do Sporting, onde mostrou o seu potencial, e também jogou no Beira-Mar e no Galatasaray, entre outros clubes.