Sociedade

Pai morre a salvar filhas de se afogarem em praia de Mafra

Homem, natural do Dubai, foi retirado do mar já em paragem cardiorrespiratória, por surfistas, e uma enfermeira que estava na praia realizou manobras de reanimação durante 50 minutos.


Um homem, de 45 anos, morreu quando tentava salvar as suas duas filhas, de 9 e 12 anos, após estas terem sido arrastadas pelo mar na praia da Calada, na Encarnação, concelho de Mafra, esta quinta-feira.

A vítima, natural do Dubai e com passaporte britânico, foi retirado do mar já em paragem cardiorrespiratória, por surfistas, e não foi possível salvar-lhe a vida, apesar do trabalho de uma enfermeira que estava na praia e que realizou manobras de reanimação durante 50 minutos, segundo o Correio da Manhã.

As duas crianças foram transportadas para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa, acompanhadas pela mãe, foi também acionado o gabinete de Psicologia de Polícia Marítima para acompanhar a família.