Sociedade

Assassina homem de 48 anos após discussão em Boticas

Crime terá sido cometido com uma marreta. 


A Polícia Judiciária (PJ), com a colaboração da Guarda Nacional Republicana (GNR), deteve um homem, de 55 anos, suspeito de um crime de homicídio.

Segundo revela a PJ, em comunicado, os factos ocorreram no dia 6 de junho, domingo, no interior de uma residência em Boticas, quando o arguido, “na sequência de uma discussão e munido de um artefacto, agrediu, violentamente, a vítima, um homem de 48 anos de idade, provocando-lhe a morte”.

O detido, agricultor, vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

De acordo com o Correio da Manhã, a vítima era cunhado do suspeito e estava a viver na casa deste depois de se ter chateado com a ex-mulher em França, onde trabalhava e vivia.

Escreve o mesmo jornal que o detido usou uma marreta para cometer o crime.