Sociedade

Europol anuncia detenção de 800 pessoas em operação mundial contra o crime organizado

Operação começou há três anos quando autoridades distribuíram a criminosos, de forma secreta, telefones criptografados que continham um sistema que permitia à polícia ter acesso às cerca de 20 milhões de mensagens que eram trocadas para organizar esquemas de tráfico de droga e de armas e homicídios.


As autoridades policiais de cerca de vinte países desmantelaram redes de crime organizado numa das "maiores e mais sofisticadas operações de aplicação da lei até hoje na luta contra atividades criminosas criptografadas", revelou a Europol, adiantanto que 800 pessoas foram detidas em todo o mundo.

"Esta operação é o esforço mais sofisticado até hoje para interromper as atividades de criminosos que operam nos quatro cantos do mundo", acrescentou a entidade policial internacional.

As detenções ocorreram na sequência de uma operação secreta, iniciada há três anos contra "alguns dos principais criminosos do mundo". Milhares de suspeitos usavam telefones criptografados para organizar esquemas de tráfico de droga, armas ou homicídios, desconhecendo que os dispositivos que estavam a usar tinham sido distribuídos pelas autoridades, que assim tinham acesso às informações.

A operação internacional batizada de Trojan Shield usou um dispositivo denominado AN0M, que foi distribuído a suspeitos de atividades criminosas, em mais de 90 países, que o utilizavam nas suas comunicações, longe de adivinhar que a polícia também recebia as cerca de 20 milhões de mensagens que enviaram no total.

"Essas informações levaram, na semana passada, a centenas de operações policiais em todo o mundo, da Nova Zelândia à Austrália, passando pela Europa e pelos Estados Unidos, com resultados impressionantes", disse o diretor-adjunto das operações da Europol, Jean-Philippe Lecouffe, conferência de imprensa esta terça-feira.

Foram feitas “mais de 800 detenções, mais de 700 lugares foram revistados, mais de 8 toneladas de cocaína” foram apreendidas, anunciou.