Sociedade

Eis as restrições para os Santos Populares em Lisboa

Polícia promete condicionar o acesso a zonas de maior afluência com a colocação de grades ou fitas e pede às pessoas para não de deslocarem na noite de Santo António.


As autoridades anunciaram, esta terça-feira, em conferência de imprensa, as medidas previstas para os Santos Populares em Lisboa. As medidas vão ter início esta quarta-feira, 9 de junho, e vão prolongar-se até domingo, dia 13. Contudo, o controlo será maior na noite de sábado para domingo, noite de Santo António.

António Silva, delegado da Administração Regional de Lisboa e Vale do Tejo, lembrou que tem havido um aumento de casos na região e, por isso, os Santos Populares são um “evento de muito alto risco”.

Já Domingues Antunes, superintendente da PSP, disse que há “uma particular preocupação” da polícia em “evitar o consumo de bebidas alcoólicas na via pública" e avisou que “não deixará de promover os autos”. Em colaboração com a Polícia Municipal, a PSP vai evitar ajuntamentos nos habituais espaços de festejos e colocar nas ruas um forte dispositivo policial.

Eis as medidas que vão estar em vigor:

 - Restrições, rodoviárias e pedonais, no acesso a zonas conectadas com festividades, nomeadamente Bairro Alto, Avenida 24 de Julho e Cais do Sodré;

- Colocação de grades e fitas em zonas de maior afluência;

- Restrições nos Miradouros da cidade;

- Fiscalização na rua contra os ajuntamentos e fiscalização do comércio, nomeadamente no cumprimento de horários;

- Proibição de fogareiros na via pública;

- Controlo no acesso a alguns bairros lisboetas, como Madragoa e Alfama;

- Operações STOP, sobretudo na Avenida 24 de julho.