Sociedade

Pedro Nuno Santos "é totalmente alheio" às buscas a ex-chefe de gabinete

A Polícia Judiciária está a levar a cabo 10 buscas em Penafiel e Guimarães por suspeitas de tráfico de influências e corrupção. 


O gabinete do ministro das Infraestruturas emitiu, esta terça-feira, um comunicado, a esclarecer que Pedro Nuno Santos é “totalmente alheio à alegada prática dos atos referidos nas notícias", acerca das buscas que envolvem um ex-chefe de gabinete do governante, quando este exercia funções de Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares.

Na mesma nota, a tutela diz que aguarda o “desenrolar do processo judicial”.

Recorde-se que o Ministério Público adiantou hoje que a Polícia Judiciária está a realizar buscas no âmbito de uma investigação por suspeitas de tráfico de influências e corrupção. Um dos visados é Nuno Araújo, antigo chefe de gabinete do atual ministro das Infraestruturas.