Sociedade

Detida mãe que obrigava criança de 11 anos a prostituir-se em Mirandela

Detidos dois suspeitos, a mãe da vítima, com 31 anos, e um homem, de 64 anos.


O tribunal de Mirandela decretou a prisão preventiva para os dois detidos, por exploração sexual de uma criança com 11 anos à data do início do crime de lenocínio de que estão acusados.

Os dois suspeitos são a mãe da criança, de 31 anos, e um homem, de 64 anos, que foram detidos, na terça-feira pela Polícia Judiciária (PJ).

“Os factos ocorreram no período compreendido entre meados do ano de 2016 e finais do ano de 2020, em duas residências sitas em Mirandela, nas pessoas de uma criança atualmente com 15 anos de idade e sua mãe, uma mulher de 31 anos de idade”, lê-se no comunicado da Polícia Judiciária.

Os detidos foram já presentes a interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação mais gravosa, prisão preventiva.