Desporto

Superliga Europeia. Clubes ingleses reconhecem erro e pedem desculpa a adeptos, clubes, Premier League e Federação

Os "Big6" irão contribuir com 25,5 milhões de euros para o organismo. 


Os clubes Manchester United, Manchester City, Liverpool, Chelsea, Arsenal e Tottenham reconheceram o erro em tentar formar uma Superliga Europeia, confirmou, esta quarta-feira, a Premier League.

Segundo um comunicado divulgado no site oficial, a primeira liga inglesa afirmou que os clubes “reconfirmaram o seu compromisso com a Premier League e com o futuro do futebol inglês”, e “como gesto de boa vontade”, concordaram em contribuir com 22 milhões de libras, cerca de 25,5 milhões de euros, para o organismo.

O dinheiro será investido em “apoios aos adeptos, formação e programas comunitários”.

Os chamados “Big6” chegaram a acordo para apoiar “uma alteração nas regras para que qualquer ação semelhante no futuro leve a uma dedução de 30 pontos. Caso aconteça, cada um dos seis clubes seria, ainda, alvo de uma multa adicional de 25 milhões de libras", explica a liga na mesma nota.

Os clubes ainda pediram “desculpas aos seus adeptos, clubes, à Premier League e à Federação”.