Sociedade

Criança de seis anos sofre queimadura por alegado contacto com organismo gelatinoso numa praia em Vila do Conde

A criança foi levada pelo INEM para uma unidade hospitalar, acompanhada pela progenitora.


Uma criança de seis anos sofreu, este domingo, uma queimadura dentro de água, na praia da Praínha, em Vila do Conde. Enquanto brincava, a criança terá tocado num organismo gelatinoso, que suscitou aquela reação.

De acordo com um comunicado da Autoridade Marítima Nacional (AMN), os Bombeiros Voluntários de Vila do Conde receberam o alerta cerca das 12h30, tendo sido ativado de imediato para o local “o piquete do Comando-local da Polícia Marítima de Vila do Conde”.

A criança foi levada pelo INEM para uma unidade hospitalar, acompanhada pela progenitora, indicou a AMN.

Após o incidente, a Polícia Marítima e uma embarcação da Estação Salva-vidas da Póvoa de Varzim realizaram durante a tarde de domingo patrulhas nas praias desta localidade e de Vila do Conde. Não foi encontrado qualquer organismo gelatinoso.