Sociedade

Registados quase mil novos casos de covid-19 e 65% na Grande Lisboa

Há mais de três meses que não havia tantos contágios em 24 horas.

 


Portugal registou 973 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o boletim da DGS divulgado esta terça-feira. Esta é a segunda vez no mês de junho que os contágios diários ficam acima dos 900, sublinhe-se ainda que há mais de três meses que não havia um número tão elevado de infeções diárias.

No total, já foram notificados 859.045 diagnósticos positivos desde março de 2020.

Os dados da DGS dão ainda conta de mais dois óbitos associados à doença, aumentando assim o número de vítimas mortais da pandemia no país para 17.049.

Lisboa e Vale do Tejo voltou a ser a região com maior número de novos casos, com mais 629 contágios, cerca de 65% do total do país. Segue-se o Norte com 147 infeções, o Centro com 89, o Algarve com 36 e o Alentejo com 32. Nos Açores registaram-se mais 28 infeções e na Madeira mais 12.

Em relação aos óbitos, uma das mortes ocorreu na Grande Lisboa e a outra no Norte.

O número de pessoas internadas com covid-19 também voltou a subir, pelo quinto dia consecutivo, estão agora hospitalizados 346 infetados, dos quais 79, mais dois, se encontram nos cuidados intensivos.

Os infetados que deixaram, nas últimas 24 horas, de ter a doença ativa também subiram bastante, mais 881 pessoas recuperaram da covid-19, aumentando o total para 816.503.

A taxa de incidência e o rácio de transmissibilidade foram atualizados pela DGS na segunda-feira, como é habitual, pelo que se mantêm os valores de ontem.

Assim, a incidência nacional é de 84,5 casos de infeção por 100 mil habitantes, enquanto no continente é de 83,4.

Já o Rt nacional situa-se em 1,09 e no território continental em 1,10.

Atualmente, existem 25.493 casos ativos da doença e a as autoridades de saúde têm sob vigilância 32.205 contactos, mais 1.830 do que ontem.

Consulte o boletim na íntegra