Desporto

Rafael Nadal vai falhar Wimbledon e Jogos Olímpicos

O tenista espanhol, de 35 anos, quer “prolongar a carreira”.


Rafael Nadal anunciou, esta quinta-feira, nas redes sociais que não irá participar no torneio de Wimbledon – que irá decorrer de 28 de junho a 11 de julho - e nos Jogos Olímpicos – de 24 a 30 de julho. O tenista tem em vista “prolongar a carreira”.

O tenista espanhol frisa que esta “é uma decisão que nunca é fácil de tomar”, mas assinala que “é a decisão acertada com o objetivo de prolongar a carreira” e continuar a fazer aquilo que o “faz feliz”: "Competir ao máximo nível e continuar a lutar por metas profissionais e pessoais ao máximo nível de maneira competitiva".

Nadal explica, na publicação do Instagram, que "o facto de haver apenas duas semanas entre Roland Garros e Wimbledon este ano” não o ajudou para que o “corpo possa recuperar da sempre exigente temporada de terra batida”. “Foram dois meses de um grande esforço, e a decisão que tomo tem como foco o médio e o longo prazo", aponta.

"Nestes momentos da minha carreira como atleta, uma parte importante é a prevenção de qualquer tipo de excesso no meu corpo que me possa impedir de continuar a lutar, no médio e no longo prazo, por títulos”, salientou Rafael Nadal, ao deixar ainda “um cumprimento especial” a todos os fãs, nomeadamente “àqueles que estão no Reino Unido e no Japão”.

"Os Jogos Olímpicos significaram muito na minha carreira e sempre foram uma prioridade como atleta, onde encontrei o ambiente que todo o atleta quer sentir, pelo menos, uma vez na carreira. Pessoalmente, tive a sorte de poder vivê-lo intensamente em três ocasiões, além de ter sido o representante do meu país", acentua o tenista espanhol.