Internacional

Máscara na rua deixa de ser obrigatória em Espanha a partir de 26 de junho

Medida será aprovada num Conselho de Ministros extraordinário.


Espanha vai acabar com a obrigatoriedade de usar máscaras na rua já a partir do dia 26 de junho. O anúncio foi feito esta sexta-feira por Pedro Sánchez.

“Gostaria de começar este discurso fazendo um anúncio muito importante (…) Gostaria de vos dizer que vamos realizar um Conselho de Ministros extraordinário na próxima quinta-feira e no qual vamos propor que a máscara deixe de ser obrigatória nos espaços livres a partir de sábado, dia 26 de junho", disse o presidente do governo espanhol, numa comunicação ao país.

É de realçar que o governo já tinha salientado que a vacinação contra a covid-19 no país estava a decorrer como esperado e, por isso, deixaria de estar em vigor a obrigatoriedade do uso de máscara ao ar livre.

“Em breve vamos abandonar as máscaras na rua” disse Sánchez, na quarta-feira, acrescentando que a decisão se justificava pelos avanços da “maior campanha de vacinação da história” no país. “Em poucos dias teremos mais de 15 milhões de pessoas com a vacinação completa e em poucas semanas, 50% da população com pelo menos uma dose”, destacou.