Sociedade

Noah convidado para se inscrever nos Fuzileiros aos 18 anos

A Marinha Portuguesa destacou o facto de o menino, “com apenas dois anos e meio”, ter estado “36 horas sozinho numa zona de mato junto a um rio”.


A Marinha Portuguesa publicou, esta sexta-feira, uma mensagem nas redes sociais dedicada a Noah, o menino de dois anos que desapareceu na quarta-feira de manhã, em Proença-a-Velha, no distrito de Castelo Branco, durante 36 horas até ser encontrado no final de tarde de quinta-feira.

“Noah, aqui fica a folha de inscrição para os Fuzileiros, quando tiveres 18 anos, caso queiras concorrer”, lê-se.

A Marinha explica que Noah poderá vir a fazer parte do Destacamento de Ações Especiais, “onde as táticas de sobrevivência são fundamentais” e destacou o facto de o menino, “com apenas dois anos e meio”, ter estado “36 horas sozinho numa zona de mato junto a um rio”.

“Aproveita a tua infância. Todo um país ficou muito feliz com o teu regresso”, termina.