Economia

Autoeuropa. Novas paragens podem obrigar a layoff

“O prolongamento das medidas de confinamento em países como a Malásia está a colocar em risco a produção para as duas semanas seguintes a esta paragem”, diz a fábrica de Palmela.


A Autoeuropa admitiu esta sexta-feira a possibilidade de entrar em layoff caso seja forçada a novas paragens de produção devido à falta de semicondutores no setor automóvel.

“O prolongamento das medidas de confinamento em países como a Malásia está a colocar em risco a produção para as duas semanas seguintes a esta paragem”, diz a fábrica de Palmela.

Recorde-se que a empresa iniciou esta sexta-feira uma paragem de produção que deveria terminar no dia 28 de junho, mas que foi prolongada por mais dois dias, até às 00:00 de 30 de junho, diz não ter “nenhuma garantia” de que poderá retomar a produção no final deste mês.