Vida

Sharon Stone gera polémica após dizer que Meryl Streep é sobrestimada: "Eu sou uma vilã muito melhor do que Meryl"

Atriz, de 63 anos, é tema de conversa na Internet.

DR  


Sharon Stone está envolvida em polémica devido a declarações que fez sobre Meryl Streep. Numa entrevista à revista Everything Zoomer, no passado mês de maio, para promover o seu livro de memórias, ‘The Beauty of Living Twice’, a atriz deu a entender que a colega de trabalho é sobrestimada. Esta terça-feira, dia 22 de junho, Meryl Streep fez 72 anos e os fãs decidiram oferecer-lhe o presente (talvez envenenado) de destacar as declarações de Sharon Stone, que rapidamente se tornaram virais.

Na entrevista em questão, Sharon Stone disse que há várias atrizes iguais a Meryl Streep, mas que nunca tiveram a oportunidade de alcançar a fama e o reconhecimento.

Nas suas memórias, a atriz escreve que Hollywood e a sociedade colocam as mulheres umas contra as outras.

“Foi-nos dito que só havia espaço para uma”, afirmou.

A jornalista responsável pela entrevista em questão decidiu dar continuidade à conversa, referindo depois que a atriz “finalmente conseguiu trabalhar com Meryl Streep”, ao referir-se ao filme 'The Laundromat', de Steven Soderbergh.

“Gosto da maneira como diz isso, que finalmente consegui trabalhar com Meryl Streep”, atirou a atriz, fazendo o paralelo entre a pergunta da jornalista e o seu livro. “Você não disse, 'Meryl finalmente conseguiu trabalhar com Sharon Stone' ou que 'finalmente conseguimos trabalhar juntas”.

A jornalista ainda tentou intervir, mas Sharon Stone continuou a falar.

“Porque é assim que a vida dela foi, foi construída para ser: ‘Toda a gente quer trabalhar com Meryl'", disse Stone. "Eu pergunto-me se ela gosta disso", atirou.

“A maneira como estruturou a pergunta é em grande parte a resposta para a pergunta”, disse Stone. “O negócio foi estabelecido para que todos nós devêssemos invejar e admirar Meryl porque apenas Meryl tinha que ser a boa. E todos deveriam competir contra Meryl. Eu acho que Meryl é uma mulher e atriz incrivelmente maravilhosa. Mas, na minha opinião, francamente, há outras atrizes tão talentosas quanto Meryl Streep. Toda a iconografia de Meryl Streep é parte do que Hollywood faz com as mulheres ”, defendeu.

É então que Stone decide enumerar as atrizes que, para ela, são tão boas como Streep: Viola Davis é “exatamente a atriz que Meryl Streep é,  Emma Thompson, Judy Davis, Olivia Colman. Kate Winslet, pelo amor de Deus. Mas dizem Meryl e toda a gente cai no chão", acrescentou, colocando-se depois ao mesmo nível da colega de profissão.

"Eu sou uma vilã muito melhor do que Meryl e tenho a certeza que ela diria isso (…) Meryl não ia ser boa em 'Instinto Selvagem' ou em 'Cassino'. Eu fico melhor. Eu sei. E ela sabe disso", rematou.

As declarações rapidamente se tornaram virais, com muitas críticas à atriz e com alguns seguidores a considerar que esta terminou com a sua própria carreira”.

Por outro lado, houve quem saísse em sua defesa e concordasse com as suas declarações.“Sharon Stone está certa e ela deveria dizer aquilo”, escreveu o crítico de cinema Kyle Turner. “Streep é sobrestimada e mal fez um trabalho bom em mais de uma década”, atacou.

“Eu odeio a narrativa desagradável de que de alguma forma Meryl trabalha DEMAIS e rouba papéis. Talvez a conversa devesse ser: não escrevemos papéis suficientes para pessoas como Sharon Stone e Judy Davis prosperarem”, disse outro seguidor.

Também o escritor Mark Harris defendeu Meryl Streep. "Existem atrizes que são sobrestimadas, e o fato de Meryl Streep ser ampla e justamente apreciada não tem nada a ver com isso (…) Uma boa maneira de celebrar outras atrizes é celebrar outras atrizes, não reclamar de uma", considerou.