Vida

Sarah Paulson recorda que Matthew Perry se recusou a beijá-la em festa

Atriz levou uma tampa do colega de profissão.


Sarah Paulson recordou um dos momentos mais constrangedores da sua vida e do qual Matthew Perry é ‘ligeiramente’ culpado, tudo porque a estrela de ‘Friends’ se recusou a beijar a atriz numa festa organizada por Carrie Fisher.

Durante o programa 'Monday’s Jimmy Kimmel Live!', a atriz recordou aquela que foi apelidada de “festa dos amassos”, uma vez que as celebridades convidadas podiam sortear os nomes de outras pessoas presentes no evento para trocarem beijos.

"Era [uma festa] enorme. Acho que a Queen Latifah estava lá. Muitas pessoas estavam lá, e eu estava em pânico, obviamente, porque [sou] neurótica”, contou Paulson.

“Não vi ninguém a beijar-se, mas havia um chapéu com nomes e tu deverias beijar a pessoas cujo nome tirasses dele”, continuou. "O Matthew Perry tirou o meu nome do chapéu, e imediatamente saiu da sala", revelou.

Questionada sobre como sabia que tinha sido sorteada pelo ator, que só conhecia através de amigos em comum, Paulson explicou: "Porque eu vi-o. Ele ficou tipo: ‘Ah bem’. Então eu disse: “Bem, vamo-nos beijar e ele foi do género, ‘Não’”, recordou, entre gargalhadas.

Contudo, a atriz acabou por beijar Perry anos depois, quando ambos interpretaram um casal de ex-namorados na série 'Studio 60 on the Sunset Strip', entre 2006 e 2007. "Eu ganhei o meu beijo. Consegui vários beijos. E ele arrependeu-se de não me ter beijado na festa dos amassos", disse a artista.

Recorde-se que Sarah Paulson namora com a atriz Holland Taylor desde 2015.