Desporto

Federação pinta símbolo com cores do arco-íris após polémica com UEFA

A mudança do símbolo gerou milhares de comentários, com opiniões diferentes, se houve quem louvasse a iniciativa também foram muitos os que a condenaram.


A polémica surgiu após a UEFA ter recusado iluminar o estádio de Munique, um dos palcos dos jogos do Euro 2021, com as cores do arco-íris, como forma de assinalar o mês de celebração da luta contra os direitos da comunidade LGBT.

A decisão do organismo desportivo foi duramente criticada e motivou uma espécie de esclarecimento, no qual sublinhou vestir com “orgulho” as cores do arco-íris, tendo reafirmado o seu compromisso na luta contra a discriminação.

Agora, foi a vez da Federação Portuguesa de Futebol tomar também uma posição sobre o assunto, tendo ‘pintado’ o fundo da imagem do seu símbolo na página oficial do Facebook - Seleções Nacionais - com as cores do arco-íris.

A mudança do símbolo gerou milhares de comentários, com opiniões diferentes, se houve quem louvasse a iniciativa também foram muitos os que a condenaram.