Desporto

Regra dos golos fora acaba já na próxima época

É oficial, a UEFA vai pôr fim à vantagem dos golos fora de casa, a começar já no início da próxima época.


Marcar golos fora de casa deixará de ser um fator de vantagem em caso de empate já a partir da próxima época. É o fim de uma regra histórica, e o anúncio foi feito, em forma de comunicado, pela UEFA, que explica que, em vez de o fator de vantagem de golos fora, em caso de empate sem vantagem de golos, serão jogados "dois períodos de tempo extra de 15 minutos", que, se não forem o suficiente para quebrar a igualdade, serão seguidos de uma série de "pontapés da marca da grande penalidade".

Em causa está uma redução na diferença entre o número de golos marcados em casa e fora, bem como entre vitórias e derrotas nas duas situações, o que terá levado o Comité Executivo da UEFA a estudar e aprovar o fim desta regra. "A melhor qualidade de campo e tamanhos de campo padronizados, infraestrutura de estádio melhorada, melhores condições de segurança, cuidado aprimorado de arbitragem (e mais recentemente a introdução de suporte tecnológico como GLT e VAR), cobertura de TV mais ampla e sofisticada de jogos, condições de viagem mais confortáveis, um calendário comprimido, ditando a rotatividade das equipas e as mudanças nos formatos das competições são todos elementos que afetaram a forma como o futebol é jogado e confundiram os limites entre jogar em casa e fora", pode ler-se ainda na nota.

"A vantagem de jogar em casa já não é tão significativa quanto era antes", garantiu Ceferin, que concluiu ainda: "A consistência na Europa de estilos de jogo, assim como vários fatores distintos que levaram à anulação de jogar em casa" foram as razões que levaram o Comité Executivo da UEFA a tomar "a decisão correta de adotar a visão de que já não é apropriado que um golo fora pese mais do que um marcado em casa".