Politica

Marcelo admite ir a Sevilha "dentro do respeito das regras"

Chefe de Estado saiu em defesa de Ferro Rodrigues.


O Presidente da República admitiu, esta quinta-feira, a possibilidade de se deslocar a Sevilha para assistir ao jogo de Portugal contra a Bélgica, no domingo.

Marcelo Rebelo de Sousa saiu em defesa de Ferro Rodrigues, que gerou polémica ao apelar aos portugueses para irem a Sevilha "de forma massiva" assistir ao jogo da seleção nacional. "Eu penso que o que o senhor presidente da Assembleia da República quis dizer é que os que puderem ir, dentro do respeito das regras sanitárias, apela-se a que vão. Os que podem ir ainda são uns milhares de pessoas", afirmou o chefe de Estado.

O Presidente explicou que ele próprio esperou pelo final do Conselho de Ministros para decidir se ia ver o jogo ou não: "Não ia evocar eu o estatuto de Presidente da República para ir a Sevilha quando todos os demais não fossem. O conhecimento de que se pode ir desde que se tenha certificado, e eu tenho certificado, já torna mais fácil ponderar essa hipótese", justificou.