Vida

Britney Spears pede desculpa aos fãs por fingir que "estava bem"

Apesar de tudo, a cantora revela que “a mentira” a ajudou a lidar com a situação. 


Britney Spears falou pela primeira vez após a sua audiência de quarta-feira, no Tribunal Superior do Condado de Los Angeles, onde pediu o fim da tutela legal do seu pai, Jamie Spears, que controla a sua vida profissional e pessoal desde 2008.

Num texto, publicado na rede social Instagram, a cantora pediu desculpa aos fãs por “fingir que estava bem nos últimos dois anos” e que não falou mais cedo por causa do “orgulho”.

“Quero-vos contar um pequeno segredo. Acredito que, enquanto pessoas, todos queremos uma vida de conto de fadas. De acordo com as minhas publicações, a minha vida parecia maravilhosa”, começou por dizer a artista, de 39 anos.

“Estou a publicar isto, porque não quero que as pessoas pensem que a minha vida é perfeita, porque definitivamente não o é. E, se leram algo sobre mim nos jornais esta semana, sabem obviamente que não o é. Peço desculpa por fingir que estava bem. Fiz isso por causa do meu orgulho e tinha vergonha de partilhar o que aconteceu comigo”, acrescentou.

Apesar de tudo, a cantora revela que “a mentira” a ajudou a lidar com a situação. “Acreditem ou não, fingir que estava bem, ajudou-me de verdade”, disse.

O pai de Britney Spears foi nomeado o seu tutor legal, em 2008, depois de a cantora ter sido hospitalizada para tratamento psiquiátrico após um esgotamento nervoso. Em tribunal, a artista revelou que “está traumatizada” e que a tutela se “tornou abusiva”.