Cultura

Encontrados quadros de Picasso e Mondrian roubados na Grécia em 2012

Assaltantes ter-se-ão aproveitado de insuficiente vigilância da Galeria para roubar as obras.


As autoridades gregas encontraram uma pintura cubista de Picasso e uma obra de Mondrian que tinham sido roubadas da Galeria Nacional de Atenas, em 2012.

Um suspeito foi detido, anunciou a polícia grega, na segunda-feira à noite.

O óleo de pintor espanhol, "Cabeça de mulher", datado de 1939, foi oferecido dez anos depois pelo próprio artista à Grécia, como um tributo à resistência antinazi, aliás no verso podem ler-se as palavras francesas escritas à mão "Para o povo grego homenagem de Picasso”.

O quadro foi encontrado na região rural de Ketarea, a cerca de 45 quilómetros a sudeste de Atenas, informou a agência de notícias grega ANA, que avançou que o "Moinho" de Piet Mondrian, datado de 1905, também foi encontrado.

Recorde-se que em janeiro de 2012, as duas pinturas e um desenho em papel do artista italiano Guglielmo Caccia di Il Moncalvo, (1568-1625) representando o êxtase de um santo, foram roubados da galeria nacional, explorando a vigilância insuficiente do edifício localizado no centro de Atenas.

O roubo, do qual dois homens são suspeitos de terem retirados as obras dos quadros, durou apenas sete minutos.