Sociedade

Mais de três milhões de pessoas tem a vacinação completa contra a covid-19

Lisboa e Vale do Tejo foi a segunda região a registar mais inoculações na última semana, tendo administrado mais de 2,8 milhões de doses.


Portugal tem 53% da sua população com a primeira dose da vacina contra a covid-9 já administrada. Segundo o mais recente relatório da vacinação divulgado pela Direção-Geral da Saúde, 32% - mais de 3 milhões de pessoas – têm o esquema vacinal completo.

De acordo com o relatório, na última semana, a faixa etária dos idosos com mais de 80 não sofreu alterações significativas, havendo 98% (666.831 pessoas) com a primeira dose e 93% (634.488) com as duas doses administradas.

O grupo de pessoas entre os 65 e os 79 anos já tem quase na sua totalidade (98%) uma dose inoculada, enquanto 64% (1.043.836) já concluiu a vacinação contra a covid-19.

Já a faixa etária dos 50 até aos 64 foi aquela que recebeu mais doses da vacina na última semana, tendo agora 85% (1.847.758) das pessoas com uma dose da vacina e 51% (1.103.443) com o esquema vacinal concluído.

Quanto ao grupo etário entre os 25 e os 49 anos, a percentagem de vacinados com a primeira dose aumentou dos 26% para os 35% (1.177.235), enquanto 14% (476.675) já completaram a vacinação.   

Em relação às regiões, o Norte está continuamente a liderar no número de vacinas inoculadas, com cerca de 2,9 milhões. De seguida, está Lisboa e Vale do Tejo, região onde foram administradas mais de 2,8 milhões de doses.

Segundo o relatório da vacinação, segue-se o Centro (1,4 milhões de doses), o Alentejo (424 mil), o Algarve (328 mil), a Madeira (209 mil) e os Açores (188 mil).

Já sobre a cobertura vacinal da população, o Alentejo permanece como a região com maior percentagem de pessoas com vacinação completa (37%), seguindo-se a Madeira e o Centro (35%), o Norte (34%), os Açores (32%), o Algarve (29%) e Lisboa e Vale do Tejo (28%).

Portugal já recebeu mais de 9,5 milhões de vacinas, tendo distribuído 8,3 milhões pelos postos de vacinação quer do território continental quer das duas regiões autónomas, desde 27 de dezembro de 2020.  

Consulte aqui o relatório da vacinação