Vinagrete

Manuais escolares no privado

Penso que é por estarem mais à frente nisso (e no resto que é consensualmente aceitável), que os nórdicos, apesar de pagarem mais impostos, não se importam com isso.


por Pedro d'Anunciação

Pergunto-me se fará sentido os contribuintes, de um país que oferece escola a quem a não pode pagar, e cujas escolas públicas têm de ter critérios específicos de abertura a todos a que não estão obrigadas as particulares, financiarem os manuais dos alunos que podem frequentar o ensino privado.

Porque, pelo que entendo, quem vai para o ensino privado, vai porque pode e quer. Lá está: a mim, parece-me que não, e irrita-me muito como contribuinte ser obrigado a pagar tanta coisa em que não acredito, e não ver dinheiro para pagar aquelas em que acredito (como as públicas saúde e escolas, que me parecem as prioridades absolutas). Penso que é por estarem mais à frente nisso (e no resto que é consensualmente aceitável), que os nórdicos, apesar de pagarem mais impostos, não se importam com isso.