Sociedade

Jovem de 20 anos fugiu e foi auxiliada por populares depois de ser violentamente agredida pelo namorado em Sintra

Homem ficou proibido de se aproximar da vítima.


A GNR deteve um homem, de 25 anos, esta quarta-feira, por violência doméstica, no concelho de Sintra.

No âmbito de uma investigação por violência doméstica, os militares apuraram que o suspeito agredia física e psicologicamente a vítima, a sua companheira, de 20 anos, causando-lhe medo e inquietação, segundo revela um comunicado da força de segurança, esta quinta-feira.

“A vítima residiu com o agressor por um curto espaço de tempo, tendo o mesmo demonstrado ser um indivíduo muito ciumento e possessivo, fazendo com que a vítima abandonasse a residência. Apesar disso, a vítima manteve uma relação de namoro com o detido”, informa a mesma nota.

Segundo a GNR, num dos encontros, que ocorreu num espaço público, o homem “agrediu-a com murros na zona da cabeça, projetando-a para o pavimento”. A vítima conseguiu fugir do agressor e “refugiou-se num estabelecimento comercial, onde foi auxiliada por populares que ali se encontravam”.

Perante o escalar da gravidade dos episódios de violência, foi dado cumprimento a um mandado de detenção.

O detido foi presente ao Tribunal Judicial de Sintra, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de proibição de se aproximar da vítima, controlado por pulseira eletrónica.