Desporto

"Fiz figura ridícula, tenho vergonha". Mulher que provocou queda de ciclistas na Volta a França está arrependida

Espectadora provocou ferimentos em vários ciclistas.


A mulher que provocou aa queda de grande parte do pelotão durante a primeira etapa do Tour de França, no sábado passado, mostrou-se arrependida do sucedido.

Em declarações ao desportivo italiano Gazzetta dello Sport', a mulher disse estar "muito arrependida e com medo das consequências", reconhecendo que fez uma “figura ridícula".

"Fiz figura ridícula, tenho vergonha. Tenho medo das consequências das minhas ações e estou arrependida com o impacto mediático que tive", disse a espectadora, que tem cerca de 30 anos.

Recorde-se que mulher se atravessou na estrada para exibir um cartaz onde se podia ler 'allez opi-omi', que significa: "vamos avô-avó", e que pretendia que fosse captado pela câmaras de televisão.

A espetadora acabou por derrubar o alemão Tony Martin (Jumbo-Visma), que caiu desamparado no chão e foi atropelado por vários ciclistas, causando um 'efeito dominó' no pelotão, perto do cume da colina Saint-Rivoal, em Saint-Cadou.

A queda múltipla dos ciclistas levou ao abandono imediato de mais do que um ciclista, além de ferimentos em vários atletas.