Sociedade

Mais mortos e mais internados em dia de novas subidas de incidência e Rt da covid-19

Estão internados 532 doentes com covid-19 nos hospitais, mais 23 do que ontem. Rt e incidência continuam a aumentar.


Portugal registou, nas últimas 24 horas, 2.436 novos casos de covid-19 e sete vítimas mortais associadas à doença. De acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado esta sexta-feira, o país soma agora um total acumulado de 884.442 infetados desde o início da pandemia, dos quais 17.108 não resistiram.

A região de Lisboa e Vale do Tejo registou 1.371 casos dos 2.436 diagnosticados em todo o país.

No Norte foram diagnosticados 566 novos contágios casos, segue-se o Algarve com 213, o Centro com 178 e o Alentejo com 92. No arquipélago dos Açores há 16 novas infeções e no da Madeira mais 13.

Cinco dos sete óbitos registados nas últimas 24 horas ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, um no Norte e outro no Alentejo.

Sublinhe-se que este é o número de óbitos mais alto dos últimos dois meses e meio, desde 14 de abril quando se registaram oito mortes. No entanto, há cerca de mês e meio também ocorreram sete mortes, como hoje, mas desde então os valores foram sempre inferiores.

O número de internamentos também voltou a registar uma subida significativa e há agora 532 doentes com covid-19 nos hospitais portugueses, mais 23 do que ontem. Os doentes em Cuidados Intensivos são agora 118, mais cinco face ao último balanço.

Por outro lado, mais 1.255 pessoas venceram a doença, elevando o número de recuperados para 831.479.

Há agora 35.855 casos ativos, mais 1.174 do que ontem, e as autoridades de saúde têm agora 55.848 contactos em vigilância.

A DGS atualizou os dados da matriz de risco, como é habitual às segundas, quartas e sextas.

Assim, a taxa de incidência subiu de 172,8 casos de infeção por 100 mil habitantes para 189,4, a nível nacional. No território continental registou-se uma subida de 176,9 para 194,2.

O índice de transmissibilidade, o R(t), subiu de 1,14 na quarta-feira para 1,16, a nível nacional, no continente a subida é de 1,15 para 1,17. Indicadores que colocam Portugal no vermelho carregado, da matriz de risco.

Os dados dos concelhos também foram atualizados esta sexta-feira, havendo agora 87 municípios com mais de 120 novos casos da Covid-19 por 100 mil habitantes, o limite de incidência estabelecido pelo Governo como máximo a aplicar a nível nacional.

Consulte o boletim na íntegra.