Internacional

Primeiro-ministro luxemburguês está "grave, mas estável"

O lider do executivo luxemburguês deu entrada no domingo no hospital para observação por 24 horas “por precaução”, após ter sido diagnosticado com uma insuficiência dos níveis de oxigénio.


O primeiro-ministro do Luxemburgo, Xavier Bettel, vai permanecer no hospital por pelo menos mais quatro dias, uma vez que o seu estado está “grave, mas estável”, anunciou o Governo luxemburguês, esta segunda-feira.

O lider do executivo luxemburguês deu entrada no domingo no hospital para observação por 24 horas “por precaução”, após ter sido diagnosticado com uma insuficiência dos níveis de oxigénio.

Agora a gestão do país será assumida pelo ministro das Finanças, Perre Gramegna, ainda que Bettel esteja a coordenar alguns dossiês a partir do hospital, indicou o executivo em comunicado.

Xavier Bettel, 48 anos, iniciou no passado dia 27 de junho um período de 10 dias de isolamento, menos de 48 horas após uma cimeira europeia em Bruxelas, onde esteve com outros dirigentes da União Europeia (UE), nomeadamente com António Costa.