Sociedade

Agressor tentou explodir casa com mulher e filho de 20 anos no interior em Paços de Ferreira

O homem de 50 anos, que está agora em prisão preventiva, tentou cometeu suicídio durante os últimos dois meses. 


Um homem de 50 anos foi detido, na sexta-feira, por violência doméstica em Paços de Ferreira. O agressor, com histórico emocional sensível e alcoólatra, era violento com a mulher e com o filho de 20 anos. Está agora em prisão preventiva.

Segundo um comunicado da Guarda Nacional Republicana (GNR), divulgado esta segunda-feira, o detido, “movido pelo excesso de consumo de bebidas alcoólicas”, revelou um “grande descontrolo emocional”, o que o levava a ameaçar as vítimas, a sua companheira de 49 anos e o filho de 20 anos.

Nos últimos dois meses, o homem tentou cometer suicídio, “injuriando e ameaçando de morte o seu agregado familiar”, indicou o comunicado, explicando que num dos episódios de violência, o homem de 50 anos “terá tentado fazer explodir uma botija de gás” com o intuito de incendiar a casa.

Com o agravar da violência e das ameaças de morte, as vítimas viviam num clima de terror, ao pensarem que “a qualquer momento o agressor podia atentar contra a sua vida e a de quem se encontrasse ao seu redor”, assinalou a GNR.

O detido de 50 anos foi presente a primeiro interrogatório, na sexta-feira, no Tribunal Judicial de Paços de Ferreira, na qual lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.