Opiniao

Um Leão para Portugal

Este prémio enche de orgulho a Havas, mas que acima de tudo, deve também encher de orgulho, 
todos os criativos portugueses...


A publicidade portuguesa está de parabéns e eu, em particular, muito orgulhosa de fazer parte do grupo Havas e desta conquista.

Quem trabalha em publicidade sabe bem da importância do Festival de Cannes e do desejo de todos os criativos de estarem de alguma forma presentes nestas listas. Junto dos melhores dos melhores e mostrando que somos pequenos, apenas em tamanho. Mas sempre grandes no trabalho, dedicação e entusiasmo.

E este ano fomos felizes. 

Vários trabalhos portugueses marcaram lugar em shortlist, colocando desde logo a nossa criatividade num outro patamar e comprovando que com ou sem pandemia fomos capazes de nos superar. 

A campanha ‘Estende a tua renda’, desenvolvida pela nossa para o Minipreço, ‘Estreia-te’ da The Walt Disney Company para os canais FOX; ‘The Day after Women’s Day’ da Havas Lisboa com as Raparigas da Bola; a campanha de autopromoção da Stream and Tough Guy que levou João Ribeiro e Miguel Durão ao Preço Certo e a campanha ‘Preenchido pela paralisia ‘ da Havas Lisboa para Associação Paralisia Cerebral de Lisboa. 

Desta lista, a última campanha da Havas Lisboa para APCL ganhou mesmo o Leão de Prata na Categoria Creative Strategy, uma campanha que convidava de forma original os contribuintes a consignarem o seu IRS à referida associação, dando a conhecer a equipa de contabilistas com paralisia cerebral criada pela própria APCL e que se mostrou disponível para ajudar os portugueses a preencherem o seu IRS.

E posso-vos dizer que foi toda uma alegria na avenida da Liberdade, no nosso Havas Village, quando recebemos a notícia. Mais do que ser o merecido prémio e reconhecimento pela criatividade, que é o propósito de tudo isto, foi o boost de energia certo para um ano terrível e para uma pandemia que insiste em não nos largar.

Para a agência receber este prémio é a motivação para não desistir, para continuar a acreditar e é o fator de união que se precisava para fazer frente ao resto do ano. A um resto do ano que continua nublado, incerto e desafiante... to say the least. 

E por último, um prémio que nos enche de orgulho na Havas mas que acima de tudo deve também encher de orgulho todos os criativos portugueses, todos os que daqui começam, partem, ficam e criam num percurso tantas vezes questionado, tortuoso e complicado mas que no final leva às grandes campanhas. E seguramente tantas outras que ficaram pelo caminho mas que fazem parte desta história e que poderiam também de uma forma ou outra ter lugar entre estas.

Parabéns Havas Lisboa, é muito bom fazer parte disto e estar lado a lado nesta luta. 

Foco nos próximos!

*Diretora Criativa Havas Sports & Entertainment