Sociedade

Despiste provoca morte do condutor e um ferido ligeiro no Porto

Homem terá padecido de doença súbita, provocando o despiste e consequente queda da viatura ao rio.


Um homem de 35 anos morreu na madrugada desta quinta-feira na sequência de um despiste e consequente queda da viatura ao rio, na Rua do Ouro, no Porto. Além da vítima mortal, uma mulher de 36 anos, que ia no lugar do pendura, ficou com ferimentos ligeiros.

De acordo com a PSP, o casal de cidadãos brasileiros estava na zona do antigo Bairro do Aleixo quando se sentiu perseguido. Segundo relatos da sobrevivente, o homem, residente em Gaia, terá sofrido de doença súbita enquanto conduzia, o que levou ao despiste.

O Ford Fiesta que a vítima dirigia caiu então ao rio, tendo o lado do condutor ficado parcialmente submerso.

O alerta terá sido dado pelas 2h45 por pescadores de uma embarcação que saía na altura para a faina. A mulher terá conseguido sair da viatura, no entanto, o corpo do homem teve de ser retirado pelos mergulhadores dos Sapadores do Porto. 

No local estiveram presentes operacionais do INEM e uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER). Apesar de terem sido realizadas manobras de reanimação, o óbito acabou por ser declarado no local e o corpo da vítima foi transportado para o Instituto de Medicina Legal (IML) do Porto. A mulher, com ferimentos ligeiros e sinais de hipotermia, foi transportada para o Hospital de Santo António.

Às 6h30 permaneciam no local 16 operacionais, entre os quais Bombeiros Sapadores do Porto, Bombeiros Portuenses, Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), PSP, com o apoio de oito viaturas, e a Polícia Marítima que tomou conta da ocorrência.

De acordo com o Capitão de Mar e Guerra, Santos Amaral, o caso seguirá agora para investigação por parte do Ministério Público.